Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

21
Jun17

TARDE NA VIDA


sopa-de-letras

 

Um tanto tarde na vida

Chegaste junto de mim

Triste, cansado, perdido

Eu estava tambem perdida

Pressentindo já o fim

Por tanta dor ter vivido

 

Nessa imensa solidão

Que julguei poder vencer

Eu não tinha percebido

Que havia ainda ilusão

Muita vida por viver

Um mundo desconhecido

 

Houve troca de carinho

E sem a gente perceber

Os corações se entenderam

Demos as mãos no caminho

Fomos andando sem ver

As patadas que nos deram

 

O mundo de boca aberta

Julgou-nos sem piedade

Por sermos tão apressados

Ninguem pensou pela certa

Que p'ra amar na nossa idade

Já estamos é atrasados

 

Seguimos na nossa estrada

Sem remorso e sem ter medo

Do que a vida nos oferece

Qual brisa na madrugada

Nosso amor é um rochedo

Erguido aos céus numa prece

 

21 de Junho de 2017

Poema de Maria V Letras

Dedicado a Jorge Miguel

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D