Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

21
Jun17

PERFUME DE ROSAS


sopa-de-letras

 

Tive perdas dolorosas

Gente linda que eu amei

Que trago no coração

Tal e qual como as rosas

Seguiram da vida a lei

Tendo a mesma condição

 

Perfumaram minha vida

Levaram parte de mim

E partiram tristemente

Fiquei por ai perdida

Numa tristeza sem fim

Tão só entre tanta gente

 

Sei que todos caminhamos

Na estrada que, bem ou mal

Nos há-de levar á morte

Mas dói quando  lembramos

De quem partiu e afinal

Teve tão infeliz sorte

 

21.06.02017

poema de Maria V Letras

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar