Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

26
Fev14

EU NAO SEI


sopa-de-letras

 

Eu nao sei

Qual foi o que me conquistou

Qual deles, para sempre, me prendeu

Qual foi o que, com sorrisos,me cegou

Me congelou, e depois me derreteu

 

Eu nao sei

A qual dos teus demonios me prendi

A qual deles ofereci meu coracao

Se, ao que me fere enquanto me sorri

Se, ao que chora implorando meu perdao

 

Eu nao sei

Se devo ou nao, teus demonios perdoar

Ou se devo aceita-los como sao

Ca do alto do meu grande penar

Vejo como chora o teu pobre coracao

 

E.........Eu nao sei

A qual dos teus demonios expulsar

A qual deles escolher p'ra meu amor

Talvez que, se a todos eu mimar

Tu sejas mais tu, em todo o explendor

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D