Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

19
Out16

DERRADEIRO INSTANTE


Maria Letras sopa-de-letras

Naquele teu ultimo instante

O meu mundo desabou

Caiu sobre a minha cabeca

O peso dos teus anos por viver

O panico e o desespero

Tomaram conta de mim

E a dor que agora sinto

Por nao poder dar-te vida

`E infinita.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub