Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

03
Fev14

AMOR QUE DOI


sopa-de-letras

 

 

 

Meu Deus como dói amar

Nesta triste condição

Querer ver o sol brilhar

E afundar em escuridão

 

Nada pior que o amor

Por alguem que o nao merece

A gente suportando a dor

Querendo esquecer, e nao esquece

 

Na luta com nosso eu

Nao se consegue escapar

Tentando ganhar, ja perdeu

Nunca se sai a ganhar

 

Mas que porra de agonia

Grita a alma desvairada

Mas que triste `é cada dia

Mas que amarga a alvorada

 

Deviamos ter um botão

Se nao interessa...desliga

Porquê amar em solidão

Alguem que só nos castiga?

 

Se neste verso coubesse

Tudo o que a alma sente

Talvez então eu pudesse

Rir com gosto, novamente

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D