Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

15
Mar21

CREPÚSCULO


Maria Letras sopa-de-letras

16672889616_d8f816149b_b.jpg

 

É nessa hora que a alma se solta
Vai esvoaçando, pardal fugidio
Rudupia louca volta sobre volta
Livre correndo como a água do rio

A magia da luz do entardecer
Antevê a noite que há-de libertar
Do cansaço do dia que chega a doer
Que a vida está feita p'ra nos derrubar

Então a mente, pobre prisioneira
Pé ante pé escapa-se matreira
E vai ser feliz sem pensar em nada

Vinga-se de tudo o que a contraria
Enquanto longe ainda vem o dia
Nua abre os braços à madrugada

Maria Letras, UK
15.0.2021

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub