Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

11
Mai20

ALGUNS POETAS QUE VENERO


Maria Letras sopa-de-letras

A imagem pode conter: 4 pessoas

 

Quem me dera ser o Aleixo

Deixando à sua passagem

Este Livro Que Vos Deixo

Prova de grande coragem

De profissão cauteleiro

Apregoando a verdade

O que faltava em dinheiro

Sobrava em dignidade

 

Um pouco de Florbela

Quem dera pudesse ter

Ver na flor mais singela

Um poema por nascer

Viver sempre cada dia

Num tempo fora de mim

Envolta em melancolia

Até ao chegar do fim

 

Poderia ter de Pessoa

O ar sério e misterioso

Um cheirinho de Lisboa

Da Brasileira, seu pouso

Contar estranhos dilemas

Da História de Portugal

Mas fazê-lo em poemas

De rigor transcendental

 

De Vinicius de Moraes

Ter a arte e a mestria

Dos poemas colossais

Que ele sempre escrevia

Descrever o sentimento

Dar às palavras ardor

E ter, enfim, o talento

Do poeta do amor.

 

Maria Letras, UK 10.05.2020

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub