Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

14
Fev20

MEU NAMORADO


Maria Letras sopa-de-letras

Para sempre grata à vida
Por te trazer até mim
Andava na vida perdida
Em labirintos sem fim

Tua presença bendita
Criou-me novo horizonte
O coração já não grita
Refresca-se em tua fonte

Hoje andamos mão na mão
Caminhamos lado a lado
Quietude no coração
Vivemos o nosso fado

Consumimos o presente
Com as lições do passado
E o futuro que aguente
Cá vamos meu namorado !!!


Maria Letras, UK 14.02.2020

81218798_528570894414628_5302233158085771264_n.jpg

 

14
Fev20

NEVOEIRO CERRADO


Maria Letras sopa-de-letras


Quando a noite cai em mim
Baixa o nevoeiro cerrado
Uma escuridão sem fim
Faz soar meu triste fado

Tudo volta novamente
Sem que eu o possa impedir
Passado faz-se presente
E volta pra me agredir

Se eu fosse Deus eu faria
Que todas as dores vividas
Se tornassem por magia
Alegrias divertidas

Sorriria a minha alma
Eu sorriria tambem
Qual bálsamo que acalma
As mágoas que o peito tem

Maria Letras, UK 14.02.2020

NEVOEIRO CERRADO.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub