Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

07
Jan20

MINHA PÁTRIA DESDITOSA


Maria Letras sopa-de-letras

d9ff34ad0715f866229b1075fc6ed9ad.jpg

 



Meu Portugal pequenino
País de alma generosa
Sempre pronto a ajudar
Que triste é esse destino
Essa sina desditosa
Que não sabes evitar


És fiel e és honesto
Tens instintos solidários
E a todos abres os braços
Mas não sabes ter um gesto
Que acabe com os salafrários
Que lhes mude o rumo aos passos


O povo está saturado
Por ser tão mal tratado
Agora como antigamente
Por uns foi aprisionado
Por outros espoliado
Mas come , cala e consente.

Maria Letras, UK 07.01.2020

07
Jan20

A NOSSA HORA


Maria Letras sopa-de-letras

10955561_782172781831658_2848139124639159753_n.jpg

 

 

Um dia todos partimos
Quando chega a nossa hora
E tudo o que hoje sentimos
De repente se evapora

O quanto errámos na vida
Deixará de ter valor
Depois da nossa partida
Esquecerão o nosso amor

Esse implacável senhor
A que todos chamam tempo
Tudo traz, mas sem pudor
Tudo leva com o vento

A outros damos lugar
Sem saber pra onde vamos
E quando a hora chegar
Da vida nos desligamos

Maria Letras, UK 07.01.2020

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub