Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

11
Jan14

SEGURA-ME ESTE EMBRULHINHO


Maria Letras sopa-de-letras

 

 

Segura-me este embrulhinho

Não deixes cair, meu amor

Dentro esta o meu carinho

Que vais querer quando me for

 

Por muito que tu me queiras

Não sabes o que é amar

Ardes em várias fogueiras

E eu só a ti quero beijar

 

Portanto não te admires

Quando eu te disser adeus

Nem chores por nao sentires

Os abraços que eram teus

 

Vai lá matar noutro lado

A sede de passarinho

Nao largues, toma cuidado

Segura-me este embrulhinho 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub