Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

18
Nov13

AO SOM DO VIOLINO


Maria Letras sopa-de-letras

Já que o som dos temporais

Me acompanhou vida fora

Não quero menos nem mais

Do que tive ate agora

 

Viver, como nós sabemos

É arriscar, ser ousado

É jogar tudo o que temos

Num jogo nunca acabado

 

Se nos atraiçoa a sorte

Nada podemos fazer

É esperar que  a morte

Termine  o nosso sofrer

 

Neste meu negro destino

Nada mais vou desejar

Quero o som dum violino

Quando me vier buscar

 

_victoria_stoyanova___Open ArtGroup_______@

 

Poema BL-18.11.2013

Foto da internet

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Em destaque no SAPO Blogs
pub