POETA É O POVO
POESIA
10
Dez 16

caniçal 077 aaa.jpg

 

Fragil e pouco duradoura

Pintada pelo mais habil dos artistas

Petalas soltas ao acariciar do vento.

Filha de mae forte e resistente.

Em botao, parece camelia minuscula,

Pronta a desabrochar.

O seu aroma intenso,

Capaz de perfumar todo o Alentejo,

Permanece ate hoje na minha lembranca,

Desde os tempos em que,

Com passos incertos,

Eu aprendia a caminhar.

E, na realidade, `e isso que impota...

Nao o tempo que durou,

Mas o rasto que deixou.

 

BL 10.12.2016

publicado por sopa-de-letras às 08:31
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
26
27
28
29
30
31
posts recentes

A FLOR DA ESTEVA

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO