POETA É O POVO
POESIA
25
Mai 16

tumblr_ld2pfy56s61qdkaydo1_500_large.jpg

 

Vim rolando pela vida
Parando de quando em quando
`A esquina do sentimento
Nunca fui compreendida
E mesmo assim fui amando
Lançando paixões ao vento

 

Vi desabar tempestades
Em noites de escuridão
Luz de raios me iluminou
`As vezes sinto saudades
De tempos que ja la vão
Do amor que se acabou

 

Mas a cada novo dia
Sinto no peito a pulsar
A esperança da paixão
Vai nascendo poesia
E a luz ao meu olhar
Volta com sofreguidão

 

Se parei no teu caminho
Talvez Deus tenha planos
Que ambos desconhecemos
Quem sabe se esse carinho
Perdido atraves dos anos
Passa a ser tudo o que temos


BL 25.05.2016

publicado por sopa-de-letras às 06:27
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
18
21
22
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO