Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

12
Mai16

MAR IMENSO


sopa-de-letras

MA.jpg

 

Atravessei o deserto !

E, apenas p'ra me salvar

Andando com passo incerto

Afoitei-me, entrei no mar

 

Esse mar, imensidão

Sem ter principio nem fim

Envolveu meu coração

Tambem ele entrou em mim

 

Ao perceber-me perdida

Por entre as vagas gigantes

Fugi p'ra salvar a vida

Nadei p'ra portos distantes

 

Hoje estou convalescente

Talvez possa até ter cura

E creio, sinceramente,

Terminou minha amargura

 

Sobre a água tenho um pé

O outro está na areia

Na vida tenho mais fé

Já não me parece feia.

 

BL 12.05.2016

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

-POESIA

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D