POETA É O POVO
POESIA
30
Out 16

 

O Tejo leva nas águas

Os desejos de Lisboa

P’ra lá da “Boca da Barra”.

E a cidade chora mágoas

P’los olhos da Madragoa

Soluçadas à guitarra

Sobressaltam-se as colinas

Escurecem os terraços

Ao som dum plangente fado,

Cala-se a voz das varinas

Cessam no Terreiro os passos

Ardem sonhos no Chiado .

Mas Lisboa é como é, gosta do rio,

Colina de Santo André,

Graça e Rossio,

Relíquias de São Vicente,

missa na Sé,

Feira da Ladra ,I

ntendente, Cais do Sodré.

Voltam no voo das gaivotas

Os desejos de Lisboa,

Mudando o rumo à cidade,

Voltam os barcos às docas,

Uma varina apregoa:

_”Quem quer molhos de saudade ?!...

E eu gosto de a ver feliz

distraída dia-a-dia

no bulício da Ribeira,

Cingida ao Martim Moniz,

Entre a velha Mouraria

E a Praça da Figueira

Mas Lisboa é mesmo assim,

gosta de Alfama .

Namora em cada jardim,

Campo Santana

Sobe a costa do Castelo,

chão de Basalto

Laço branco no cabelo,

no Bairro Alto .

 

Junho, 1989

Joaquim Pires Isqueiro

 

 
publicado por sopa-de-letras às 18:21
Outubro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
27
28
29
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO