POETA É O POVO
POESIA
30
Jan 14

Terça-feira, 3 de Abril de 2012
CARTA A MARIA

 

Manuel ca recebi

A carta em que me dizias

Que entre nos tudo acabou

E foi com espanto que li

Que no mundo ha mais Marias

E eu p'ra ti ja nada sou

Nao me ofende o teu desdem

Nem me atinge o teu desprezo

Podes pois ficar em paz

Ate juro nota bem

Pela luz que tanto prezo

Que nunca mais me veras

Pode ser que outra Maria

Satisfaca teus desejos

E cumpra a tua vontade

Estou certa que nesse dia

Lembraras meus castos beijos

Com a mais profunda saudade

Vou dobrar este papel

E aproveito p'ra dizer-te

Pela luz que me alumia

Que para ti Manuel

Embora nao queira ver-te

Sou sempre a mesma Maria

 

 

LETRA DE MANUEL CASIMIRO PARA A VOZ DE EDUARDA MARIA

publicado por sopa-de-letras às 22:27
Janeiro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO