Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

POETA É O POVO

POESIA

POETA É O POVO

POESIA

28
Mar14

CAMINHO ERRADO


sopa-de-letras

 

Não vás por aí...........

 

Pára !

 

Olha para dentro de ti.

Estás novamente a iludir,

 

A criar falsas espectativas

Em ti e na outra pessoa,

Que parece ser tao débil.

 

Pára de magoar !

 

Tu sabes

Que esse não é o caminho.

 

Tu sabes ....

Embora nem para ti o admitas,

Que no fundo do teu ser,

Está de pedra e cal,

Aquela esperança

Aquele desejo

Aquele amor

Que rejeitas,

Com a dor de quem,

Sem ter como evitar,

É obrigado a rejeitar

Um filho das suas entranhas.

 

Um filho que é um amor,

Um amor que vive ainda,

Mas vive soterrado

Pelas toneladas de lixo

Que, desorientadamente,

Lhe descarregamos em cima

 

Não vás por aí........

 

Tu sabes,

Como eu sei

Que ninguém, jamais,

Poderá preencher

Esse espaço vazio.

 

Porque esse espaço

É nosso !

 

É teu em mim.

É meu em ti.

 

Somente nós o podemos ver.

Somente nós o podemos sentir.

Somente nós o podemos completar.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Links

-POESIA

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D