POETA É O POVO
POESIA
20
Mai 15

 

Nao julgues so por julgar

Porque a vida , na verdade

`As vezes nos faz andar

Ao sabor da tempestade

 

No peito de cada ser

Existe de tudo um pouco

E cada um , sem saber

Pode, p'ra outro, ser louco

 

A dose dos condimentos

Define a arte final

Se sao bons os sentimentos

Seras um ser especial

 

Nao olhes de atravessado

Sempre pronto a criticar

Olha antes com cuidado

P'ra mais poderes alcancar

 

Se nada tens a oferecer

`E melhor ficar calado

Porque o outro pode ter

Falta de ser ajudado

 

E se quiseres ser juiz

De ti proprio, o deves ser

Porque, ao meter o nariz

Sempre encontras que fazer

 

BL

 

 

publicado por sopa-de-letras às 16:35
Maio 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO