POETA É O POVO
POESIA
23
Mai 16

 

55108_Papel-de-Parede-Estrada-Longa_1600x1200.jpg

 

A vida é como uma estrada
Que toda a gente percorre
Para alguns abencoada
Mas há gente, que, coitada
Tanto luta ate que morre

 

Há quem diga que o destino
Já vem connosco, ao chegar
Justificam o desatino
Pondo as culpas no divino
Para a consciência limpar

 

Não penso assim, podem crer
Deus deu-nos discernimento
E acredito que , ao nascer
Já vem connosco o poder
Da escolha a cada momento

 

Sei que sobre sentimentos
Ninguem pode decidir
E sei que não somos isentos
De escolhermos os ventos
Que nos irão conduzir

 

Passar por cá sem viver
Melhor fora não passar
Vive a vida com prazer
Faz feliz esse teu ser
Que a vida vai acabar.

 

BL 23.05.2016

publicado por sopa-de-letras às 07:34
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
18
21
22
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
6 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
comentários recentes
Estamos sempre a tempo de ser felizes.
Ta...ta...ok...ta.... I love you...
Jorge Miguel....falamos la dentro ....ta????kkkkkk...
Isabel querida, obrigada pelas tuas palavras. Esto...
Pessoalmente fiquei abismado... nao porque duvide ...
Querida mana do coraçao ,já chega de sofrimento,tu...
Obrigada por visitar e comentar.Sinta-se em casa.
Évora é a nossa Mátria!http://aquem-tejo.blogs.sap...
Muito obrigada pelo seu comentario , meu amigo. Eu...
Olha que surpresa agradável me faz a amiga M.V.Let...
blogs SAPO